Direitos Humanos - 12/07/2021 - 17:11:56
TJAL e Seduc discutem elaboração do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos
Desembargador Tutmés Airan e secretário Rafael Brito destacaram importância de unir esforços para alcançar mais estudantes

Secretário Rafael Brito e o desembargador Tutmés Airan durante reunião na sede da Seduc. Foto: Adeildo Lobo Secretário Rafael Brito e o desembargador Tutmés Airan durante reunião na sede da Seduc. Foto: Adeildo Lobo
- TJAL e Seduc estudam colaboração no Plano Estadual da Educação em Direitos Humanos

O desembargador Tutmes Airan de Albuquerque, coordenador de Direitos Humanos do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), discutiu, nesta segunda-feira (12), com o secretário estadual da Educação, Rafael Brito, uma parceria para elaboração e execução do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos.

De acordo com o desembargador Tutmés Airan, a colaboração não prevê transferência de recursos, mas aproveitar a experiência do Poder Judiciário e do Poder Executivo Estadual com o tema no plano educacional. O termo de cooperação será redigido pela Coordenadoria de Direitos Humanos do TJAL e encaminhado à Secretaria Estadual da Educação (Seduc/AL).

“Nós já temos uma experiência bastante razoável nisso através da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) com o Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE). A ideia é unir esforços para utilizar a rede estadual para disseminar a cultura dos direitos humanos, que é muito importante sobretudo porque vai atingir os estudantes das escolas públicas, que precisam entender direitinho dessas coisas até para que possam se potencializar mais adiante como cidadãos”, disse o desembargador.

Para o secretário Rafael Brito, a medida amplificará as ações do Governo e, consequentemente, melhorará a vida dos envolvidos. “Um projeto extremamente importante para a sociedade alagoana como um todo. Esse é tema muito caro do ponto de vista de formar a sociedade e cidadania das pessoas principalmente no âmbito da escola que é o ambiente onde está se desenvolvendo as futuras gerações. O Poder Executivo fica muito feliz com essa possibilidade e agora é dar as mãos, assinar essa cooperação e buscar salvar cada vez mais crianças e jovens de Alagoas”, finalizou.

 

Robertta Farias – Dicom TJAL

 

Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.